O ATAQUE DE CIRO AO “GUETO DE ESQUERDA”

Vou reproduzir abaixo apenas um trecho da entrevista de Ciro Gomes ontem a Roberto D’Avila, na Globo News. Para que fique claro como Ciro caminha de volta em direção à direita, para se habilitar como terceira via, atirando sempre sem piedade nas esquerdas. O trecho é do momento em que Ciro discorre sobre sua visão

A ESQUERDA CAI NA ARAPUCA E SALVA O PROGRAMA DO HOMEM-MOSCA

A vaidade de alguns e a desculpa de que é preciso ocupar espaços empurraram a esquerda para a armadilha das entrevistas no Manhattan Connection. É um gesto amador movido pela sedução do polemismo. Estão indo ao programa que a Globo não quis mais (e que se acomodou na TV Cultura de São Paulo), para serem

“O CAOS É DEFINITIVO”

O filósofo italiano Franco “Bifo” Berardi é da turma dos pessimistas com o mundo que vem aí depois da pandemia. Autor de A Fábrica da Infelicidade, editado no Brasil pela Lamparina, Berardi foi entrevistado por María Daniela Yaccar, do jornal argentino Página 12. “O vírus invisível e ingovernável trouxe o caos a um nível definitivo”,

MUJICA: AS ESQUERDAS ESTÃO COM EXCESSO DE IDEIAS

Frase de José Pepe Mujica em entrevista ao site argentino Infobae, quando reconheceu que as esquerdas, e não só as uruguaias, estão perdendo terreno, porque ainda se enfrentam pela discordância de ideias, enquanto a direita trata de interesses e de ações. “Tiramos bastante gente da extrema pobreza, mas não os transformamos em cidadãos, mas em

O DESESPERO DA GLOBO E A RESPOSTA DE LULA

A Globo achou que levaria adiante a guerra contra Bolsonaro sem as esquerdas. Líderes do PT sumiram da cobertura desde o golpe de 2016 e desapareceram das pautas globais em todos os jornais. E o Jornal Nacional passou então a ouvir políticos liberais, economistas liberais, cientistas liberais, tudo que fosse liberal, para atacar Bolsonaro. A

MANDETTA OFERECEU A SOLUÇÃO A BOLSONARO

O principal recado de Luiz Henrique Mandetta na entrevista ao Fantástico é um dilema cuja solução, numa situação normal, não dependeria do ministro, mas do presidente da República. E a ‘solução’ pode sair daqui a pouco. O dilema não é a dúvida das pessoas sobre quem diz o certo e o errado, exposta por Mandetta.

OS CUIDADOS DE MOURÃO

A entrevista do general Mourão para a Folha é um mingau de aveia feito com adoçante. Há muito tempo não se lia uma entrevista de página inteira sem uma informação, uma frase contundente. Tudo bem que essa é a estratégia de Mourão hoje. Ser sensato, em meio ao desvario dos Bolsonaros, e não dizer nada.

LETÍCIA E O OGRO

Todo mundo já sabe, de Camaquã a Ibicuitinga, que a jornalista Letícia Duarte foi chamada de vagabunda, mentirosa, maliciosa, idiota e puta, durante entrevista com Olavo de Carvalho para um perfil publicado agora pela revista The Atlantic. O sujeito estava irritado com um texto anterior de Letícia sobre a figura grotesca do entrevistado. Olavo queria