PATRÍCIA VENCEU, MAS AINDA FALTA PEGAR OS FINANCIADORES DAS MILÍCIAS

O chefe do governo da quadrilha de pastores e dos assediadores de assessoras foi derrotado pela jornalista Patrícia Campos Mello no Tribunal de Justiça de São Paulo por quatro votos a um. A jornalista da Folha havia sido acusada pelo genocida de tentar obter informações em troca de sexo. Em fevereiro de 2020, Bolsonaro afirmou

QUE A JUSTIÇA NÃO SE DOBRE AO PODER DA EXTREMA DIREITA

A íntegra da nota da ABI sobre o julgamento do processo em que a jornalista Patrícia Campos Mello pede a condenação de Bolsonaro por ofensas de cunho sexual. O texto sobre o caso está logo depois da nota. A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) acompanham com especial interesse

FOLHA DE S. PAULO: A ENTREVISTA DE BRUNO PEREIRA ANTES DA ÚLTIMA VIAGEM

Compartilho, em nome do interesse público, a íntegra do texto publicado hoje pela Folha com a que pode ter sido a última entrevista de Bruno Pereira antes de ser assassinado no Vale do Javari. Merece apoio a decisão de Rosiene Carvalho, autora da entrevista, de publicar as críticas de Bruno à Funai, mesmo que na

ARAS DÁ UM DRIBLE NA FOLHA

A Folha embarcou no drible de Augusto Aras para enganar ingênuos. Diz o jornal que o procurador-geral da República, Augusto Aras, “tem usado casos de racismo e homofobia cometidos por aliados de Jair Bolsonaro (PL) para tentar se distanciar da pecha de aliado do presidente”. Que bobagem. A PGR de Aras trata de personagens irrelevantes,

A FOLHA PRECISA SALVAR O PRÓPRIO RABO

É histórico, exemplar e inspirador o manifesto de jornalistas da Folha contra a manobra do jornal de publicar textos com abordagens racistas em nome da pluralidade e da diversidade. É uma bravura a ser aplaudida não só pelos colegas jornalistas. O fundamentalismo avança no Brasil pela disseminação de desinformação, alienação, resignação e omissões. E segue em

POR QUE AS PROVAS NÃO FORAM ENVIADAS?

Reportagem de Patrícia Campos Mello, na Folha, revela a estranha manobra que tirou do TSE a possibilidade de ter acesso a provas importantes contra Bolsonaro no processo de cassação da chapa. E o véio da Havan é, de novo, personagem de mais uma controvérsia. Abaixo, a íntegra da reportagem: FOLHA DE S. PAULO Provas do

POR QUE A FAKEADA INCOMODA A FOLHA

Os ataques da Folha ao documentário de Joaquim de Carvalho sobre a fakeada de Bolsonaro podem parecer apenas uma manifestação de inveja com o trabalho do Brasil 247. A Folha olha para o que sua redação tem feito e enfrenta o constrangimento do imobilismo de um jornal que nem perguntas faz mais. Mas a reação

A FOLHA DESMORALIZA O JORNALISMO DA FOLHA

A Folha conseguiu o que deve estar tentando desde o começo dos rolos das vacinas. Fabricou uma manchete para colocar Lula ao lado de Bolsonaro como possível comprador de vacina dos vendedores mancomunados com coronéis. Esta é a manchete, que esteve em destaque na versão online pela manhã: “Vendedores de vacina citavam de Lula a

OS 23 MEDOS DO GENOCIDA

Vazou a lista de preocupações do governo, que merecerão argumentação dos ministérios na CPI do Genocídio. O jornalista Rubens Valente, da Folha, publicou o furo agora à tarde. Uma tabela encaminhada pela Casa Civil aos ministérios enumera as 23 acusações mais frequentes sobre o desempenho do governo no enfrentamento à Covid-19. É uma grade, que

O RIO GRANDE TOMADO PELO BOLSONARISMO

A Folha enviou duas jornalistas ao Rio Grande do Sul para uma reportagem destruidora da imagem do Estado, chocante mas verdadeira. O RS é apresentado como um dos Estados mais bolsonaristas, no texto de Bruna Narcizo e Paula Soprana, que a Folha publicou neste sábado à noite na sua versão online (e está em uma