Está mais fácil ser líder de extrema direita

O fascismo é um camaleão volúvel, que se diverte com a capacidade de adaptação a amores e circunstâncias. É assim que a família ligada a milicianos no Brasil tem agora como nova paixão um fascista consagrado pela caçada a gangues e milicianos. Até a semana passada, ninguém por aqui sabia da existência de Nayib Bukele

Véio da Havan é acusado (de novo) de abuso de poder econômico em dois julgamentos no mesmo dia

Luciano Hang, o autoproclamado véio de Havan, ou o homem que se vestia de verde-periquito, segundo o ministro Alexandre de Moraes, vai a julgamento nesta terça-feira em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul sob a mesma acusação: abuso de poder econômico nas eleições de 2022 e 2020. O Tribunal Regional Eleitoral de SC

O fantástico Brasil dos acasos: dois julgamentos com o mesmo personagem e na mesma data

Esta é para quem gosta de coincidências. O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina adiou para 7 de novembro, por pedido de vista de quatro desembargadores, o julgamento da ação que pede a cassação do mandato do senador Jorge Seif (PL) e a condenação do empresário Luciano Hang, ambos por abuso de poder econômico na

Comitiva de Eduardo Bolsonaro não pode aparecer em Buenos Aires no segundo turno

A presença de uma comitiva brasileira de extrema direita em Buenos Aires, liderada por Eduardo Bolsonaro, foi considerada um desastre para os estrategistas de Javier Milei. A falação do assador de hambúrguer amplificou o medo, que vinha crescendo silenciosamente e acabou determinando o fracasso do fascista no primeiro turno. Eduardo conseguiu ser cortado ao vivo

Eduardo Bolsonaro, o pé frio da extrema direita

Em abril de 2019, Eduardo Bolsonaro foi à fronteira com a Venezuela para comemorar o golpe de Juan Guaidó. Nicolas Maduro deu uma invertida no fascista, e Eduardo voltou ao Brasil como pé frio do golpismo. Hoje, ele foi a Buenos Aires comemorar a vitória do fascistão Javier Milei no primeiro turno. O sujeito perdeu

Se vencer, Milei será tudo o que promete ser?

Pararam de comparar Javier Milei com Bolsonaro, porque as abordagens mais superficiais sobre o extremista argentino já foram desprezadas. Mas falta saber o que ele pode fazer se de fato for eleito em primeiro turno nesse domingo, como se arriscam a prever alguns analistas de pesquisas. Vai caminhar para o centro, ou vai tentar fidelizar

O fascismo conta sempre com o voto dos encabulados

O francês Guy Sorman, um dos maiores pensadores do liberalismo mundial, virou manchete do jornal argentino Página 12, que reproduziu hoje trechos de um artigo publicado pelo economista no jornal espanhol ABC, de Madrid. O trecho que abre o comentário sobre o artigo informa o seguinte sobre a possibilidade de vitória de Javier Milei, o

A direita se renova e apresenta a criatura da sua versão TikTok

O equatoriano Daniel Noboa furou a fila e saltou na frente dos que tentavam ou ainda tentam se afirmar como os primeiros exemplares da nova direita latino-americana a chegar ao poder. Noboa foi eleito presidente do Equador com 35 anos. O rapaz é da direita que uma parte da esquerda não consegue empurrar para a

Sergio Massa domina o debate na TV e Javier Milei se acovarda

Uma síntese possível do primeiro debate na TV, domingo à noite, entre os presidenciáveis argentinos: o governista Sergio Massa não só sobreviveu ao cerco dos quatro outros pretendentes como foi o que mais passou serenidade e consistência no que tinha a dizer. E Javier Milei, o candidato da extrema direita à eleição de 22 de

Quem mete medo, Massa ou Milei?

O Globo informa em manchete, em reportagem de Janaína Figueiredo, que Sergio Massa (foto), o candidato do peronismo a presidente nas eleições de outubro, faz a campanha do medo na Argentina ao propagar que a vitória do fascista Javier Milei pode representar a perda de benefícios sociais pelos mais pobres. Não é campanha de medo,