O FIASCO DO CALDEIRÃO EM DAVOS

Luciano Huck arrasou em Davos. É o que os sites estão noticiando com destaque, depois de uma palestra em que se apresentou como candidato a candidato à eleição de 2022. Acreditem no que vocês lerão a seguir, de trecho de reportagem do Terra: “Huck chegou a citar casos de assistência social exibidos em sua atração

A EXTREMA DIREITA COME A DIREITA

A direita uruguaia tem o modelo brasileiro à disposição para montar seu projeto de governo. Mas o blanco Lacalle Pou, se confirmado como vencedor (o que parece irreversível), terá de compartilhar o poder com o partido de extrema direita Cabildo Abierto, liderado pelo general Guido Manini Ríos (à esquerda na foto). Pois vejam quais são

O URUGUAI EM SUSPENSE

Ninguém respira no Uruguai, porque ninguém sabe quem venceu. Mas é preciso admitir que hoje a realidade é essa, pelo que mostram os números: depois de 15 anos, a Frente Ampla de Tabaré e Mujica pode deixar o poder e ser oposição. Se Daniel Martínez for derrotado por Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, a

À espera do milagre no Uruguai

Primeira pesquisa para o segundo turno no Uruguai, que acontece dia 24 de novembro. Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, tem 47% das intenções de voto, e Daniel Martínez, da Frente Ampla, está com 42%. Há apenas 6% de indecisos e 5% votariam em branco ou anulariam o voto. Martínez está melhor em Montevidéu (48%

OS CONSELHEIROS E A DIREITA

Conclusões previsíveis da eleição de conselheiros tutelares, que este ano foi naturalmente valorizada pela ameaça de avanço da extrema direita fundamentalista. As esquerdas podem ter reagido, às vésperas da eleição, elegendo candidatos progressistas e comprometidos com o ECA em áreas centrais, mas perderam feio nas periferias. Pelo que já li, foi o que aconteceu em