RESPEITEM COUDET, O PERONISTA

Os colorados estão desconsolados ou irritados com a saída de Eduardo Coudet. Eu sou gremista e também lamento, mas por outro motivo. Meu amigo Moretti, que mora em Buenos Aires há anos, me disse, quando Coudet veio para o Internacional, que o técnico é peronista. É peronista e kirchnerista. E agora ele me mandou essa

OS JORNAIS QUE INCITAM O FASCISMO

Os jornais Clarín e La Nacion, que lideram a incitação a um golpe na Argentina, convocaram as manifestações de rua de hoje contra o governo e a quarentena. O jornal El Destape denunciou que o Clarín ousou um pouco mais em sua pregação fascista. Indicou em reportagem os três principais pontos de aglomeração dos grupos

DUAS MULHERES

Na Bolívia, os golpistas tiraram Evo Morales do poder, em novembro do ano passado, e chamaram a senadora Jeanine Áñez para assumir o governo provisório da extrema direita. Era bom ter uma mulher como líder golpista. Alberto Fernández assumiu o governo na Argentina em dezembro e chamou a promotora Cristina Caamaño para uma missão que

O PODER FARDADO NA AMÉRICA DO SUL

Como a direita tenta se rearticular hoje na Argentina, para tentar enfraquecer o governo de Alberto Fernández, e o que acontece hoje nos demais países da América do Sul. Uma conversa na TV DCM com Marília Beznos, José Cássio e o jornalista e pesquisador brasileiro Rogério Tomaz Jr, que está residindo em Buenos Aires. Abaixo

AS CHINELAGENS DA ARAPONGAGEM

Cresce a pressão na Argentina, entre juristas e imprensa, para que Mauricio Macri conte o que sabe da estrutura de espionagem ilegal que manteve durante seu governo, com ordens emitidas de dentro da Casa Rosada. Mas vai contar o quê? Na Colômbia, o governo de outro direitista, Iván Duque, mantinha (e talvez ainda mantenha) um

O FASCISMO FARDADO TENTA AVANÇAR

Integrantes da polícia militar de Buenos Aires cercaram a quinta de Olivos, a residência oficial do presidente Alberto Fernández. O pretexto é o de pedir melhores salários e condições de trabalho. O ato já é considerado um levante militar. Um efeito imediato: a própria direita condenou o cerco, que teve até coquetel molotov lançado por

Patricia Bullrich

LÍDER ANTIQUARENTENA NA ARGENTINA FOI INFECTADA

Patricia Bullrich, uma das líderes da direita argentina, está com Covid-19. Foi ministra da Previdência de Mauricio Macri e preside o Pro, o Proposta Republicana, partido do ex-presidente. Mas a notícia não existiria com tanto alarde nas capas dos jornais argentinos se Patricia não fosse uma das líderes negacionistas do movimento contra a quarentena. Foi

O IMPOSTO DOS RICOS E O CACHORRO DE FERNÁNDEZ

Mais uma notícia da Argentina, onde a pandemia não imobilizou o governo de Alberto Fernández e Cristina Kirchner. Aqui, Bolsonaro tributa livros, e lá Alberto Fernández tenta tributar grandes patrimônios. Foi encaminhado à Câmara dos Deputados o projeto do governo que institui o imposto. Sugerido por deputados kirchneristas, será cobrado uma única vez como forma

DUHALDE CITA O BRASIL COMO EXEMPLO DE GOVERNO MILITAR

A Argentina sempre tem algum motivo para alvoroços. Agora, o ex-presidente peronista Eduardo Duhalde, sempre invejoso do sucesso dos Kirchner agora na torcida contra o governo de Alberto Fernández e Cristina, está prevendo que haverá golpe militar. Fernández não encerraria seu governo, e as eleições parlamentares do ano que vem não seriam realizadas. Duhalde, presidente

A CLOROQUINA ARGENTINA

A versão bolsonariana argentina é uma estrela da TV. A apresentadora Viviana Canosa, do Canal El Nueve, bebeu ao vivo, no bico da garrafa, o que seria dióxido de cloro. É a versão argentina do milagre da cloroquina, difundida pela direita como medicação preventiva contra a Covid-19. Pessoas intoxicadas pelo desinfetante são socorridas todos os