O ESPELHO DE CARLITOS TEVEZ

Este é um assunto constrangedor na Argentina. Carlito Tevez, o jogador que construiu a imagem do menino pobre que não nega de onde veio, se recusa a pagar imposto para ajudar a socorrer a pobreza. O jornalista Esteban Rafele, do jornal online El Destape, foi quem descobriu que Tevez recorreu à Justiça para não pagar

O JUIZ RECORDISTA DE VISITAS A MAURICIO MACRI

A Argentina tem mais de um Sergio Moro. São muitos os Moros de estimação da direita, todos encarregados de perseguir Cristina Kirchner e os peronistas ligados a ela e de proteger Mauricio Macri e a máfia formada pela família. O mais badalado Sergio Moro do momento na Argentina chama-se Mariano Borinsky. É juiz da Câmara

AS CRIANÇAS NA GUERRA DA DIREITA

A guerra na Argentina agora é do presidente Alberto Fernández contra o prefeito de direita de Buenos Aires, Horacio Rodríguez Larreta. Há uma determinação de Fernández, por decreto, pelo fechamento das escolas. Larreta entrou na Justiça e conseguiu o retorno das aulas presenciais, num momento em que cresce a pandemia no país. A direita argentina

A VITÓRIA DAS MULHERES E A DERROTA DA EXTREMA DIREITA

Uma madrugada histórica para argentinas e argentinos. O Senado aprovou por 38 a 29 votos o direito da mulher de optar pelo aborto até a 14ª semana da gestação. O projeto já havia sido aprovado pela Câmara. Até agora, as argentinas poderiam interromper a gravidez nos casos de estupro ou risco de morte da mãe.

O FIM DOS ARAPONGAS DE MACRI

Não há sossego para os arapongas que trabalharam para o esquema criminoso de Mauricio Macri. O juiz federal Alejo Ramos Padilla aceitou esta semana a denúncia do Ministério Público e abriu processo contra os ocupantes da cúpula da Agência Federal de Inteligência no governo da direita. Depois do desmonte da estrutura de espionagem política do

OS JORNAIS QUE INCITAM O FASCISMO

Os jornais Clarín e La Nacion, que lideram a incitação a um golpe na Argentina, convocaram as manifestações de rua de hoje contra o governo e a quarentena. O jornal El Destape denunciou que o Clarín ousou um pouco mais em sua pregação fascista. Indicou em reportagem os três principais pontos de aglomeração dos grupos

O FASCISMO FARDADO TENTA AVANÇAR

Integrantes da polícia militar de Buenos Aires cercaram a quinta de Olivos, a residência oficial do presidente Alberto Fernández. O pretexto é o de pedir melhores salários e condições de trabalho. O ato já é considerado um levante militar. Um efeito imediato: a própria direita condenou o cerco, que teve até coquetel molotov lançado por