O FASCISMO TESTA A CAPACIDADE DE REAÇÃO DA DEMOCRACIA

Alexandre de Moraes afastou o golpista Ibaneis Rocha do governo do Distrito Federal por 90 dias e determinou o fim dos acampamentos.

Os brasileiros têm condições de honrar a bravura de Alexandre de Moraes e reagir ao terrorismo, ou deixarão que o ministro do Supremo e Lula se virem sozinhos?

O Brasil democrata tem condições de responder aos ataques de ontem? A universidade tem? As escolas têm? A OAB vai reagir?

Os estudantes irão defender o país? Os estudantes precisam salvar o Brasil, como já salvaram tantas vezes.

O Brasil vai para a rua hoje. É o que está sendo anunciado pelos movimentos de defesa da democracia.

O tamanho da reação dirá se temos condições de nos defender, ou se a maioria entregou nossa defesa a Alexandre de Moraes e a Lula, enquanto vê o fascismo avançar.

Hoje, o Brasil se salva ou será engolido com violência pela extrema direita como não aconteceu nem na ditadura.

One thought on “O FASCISMO TESTA A CAPACIDADE DE REAÇÃO DA DEMOCRACIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 8 =