PRESENTE

Quando avisou que mais coisas iriam surgir para atingir a família, Bolsonaro quis dizer apenas que recebe informações privilegiadas sobre o cerco do Ministério Público ao filho.
Estão vazando informações para o grupo investigado. A Folha informa hoje que Bolsonaro só errou a data.
Esperava que a operação de ontem contra Flavio fosse feita no início do ano.
O MP antecipou as buscas e apreensões para que os Bolsonaros tivessem um presente de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


4 + 4 =