Veja e seus leitores se merecem

Editorial da Veja lamenta que os grampos ilegais se alastrem na Lava-Jato e pede que os direitos individuais sejam respeitados.

A imprensa golpista aposta na ignorância da classe média para produzir textos como este. Veja foi uma das grandes beneficiadas por grampos e vazamentos seletivos de delatores contra Lula, Dilma e o PT.

Agora, Veja, Reinaldo Azevedo, Gilmar Mendes, a Globo e muitos outros articuladores do golpe e da caçada a Lula e Dilma se rebelam contra escutas e vazamentos porque a direita passou a ser ameaçada.

O detalhe importante dessa reviravolta é o deboche que desafia a capacidade de discernimento dos leitores. Veja sabe que um contingente importante (a maioria dos assinantes da revista) se submete à manobra oportunista da nova retórica legalista.

Os que percebem o cinismo não interessam à Veja. O que importa para a revista é o auto-engano dos seus leitores com a conversa fiada da defesa atrasada das garantias individuais e da Constituição.

Veja desfruta do servilismo da classe média que bateu panelas e foi entorpecida pelo golpe que ajudou a produzir. Eles se merecem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 9 =