GOVERNO BÍBLICO

Essa é uma das notícias mais reproduzidas desde o anúncio do novo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Ele tem um irmão. E esse irmão, Arthur, é um reacionário mais assustador do que ele.
Fiquei sabendo que o irmão também é professor e tem a mania da direita de processar quem considera detrator (a direita lida mal com a crítica). Em dois processos contra alunos, por dano moral, o irmão perdeu.
Essa história de irmão que é mais artista, mais jogador de futebol, mais poderoso, mais bonito ou mais reaça sempre se repete.
O irmão da gente sempre tem algo que pode ser mais belo, sedutor ou ameaçador. Precisamos conhecer melhor esse irmão do ministro, porque ele pode estar na fila para qualquer vaga em algum ministério.
Esse é um governo em que as famílias têm muito poder, começando pelos filhos de Bolsonaro.
A democracia brasileira vai regredindo e nos devolve a tempos bíblicos em que os irmãos estavam sempre por perto fazendo alguma confusão.
Como estamos no antigo testamento do bolsonarismo, com Deus acima de todos, faltava um Abraham anunciando que o comunismo pode acabar com o mundo.
Que tempos, meu amigo Abrão Slavutzky.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


3 + 7 =