O PRIMEIRO SEM CABELOS BRANCOS

O apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues talvez seja a primeira figura realmente popular a morrer de coronavírus no Brasil.

O mais triste é que seu rosto é quase o de um adolescente ao lado de outros famosos ou meio famosos que se foram, todos consagrados em suas áreas, mas não como nomes pops e de massa.

A pandemia, que avança e leva pobres e negros anônimos das periferias, acaba matando o jovem talentoso, alegre e cordial de uma área que precisa de referências, exatamente por ser o espaço da gurizada.

Rodrigo atuava num ambiente cada vez mais complicado, o do jornalismo de futebol. Brilhou no meio em que o bolsonarismo tenta se impor, enquanto a maioria resiste e muitos dos resistentes estão dentro da própria Globo.

O futebol no Brasil é hoje um dos redutos de disseminação do vale tudo do que seria a ‘nova normalidade’.

Como disse Paulo Vinícius Coelho, o PVC, seu colega no SportTV: “É desleal que o vírus tenha atacado justamente seu cérebro brilhante”.

Por que o coronavírus não ataca os miolos dos reaças negacionistas e fascistas?

____________________________________________________________________


O CHARME DO SUS PERNAMBUCANO
A socialite recifense Paula Amorim, nova representante do Ministério da Saúde em Pernambuco.

É profissional de saúde pública? É defensora do SUS?

Não, é apenas amiga do ministro interino, provisório e quase permanente da Saúde, general Eduardo Pazuello.

Que categoria. É o glamour da mulher pernambucana na guerra à pandemia.

4 thoughts on “O PRIMEIRO SEM CABELOS BRANCOS

  1. É LAMENTÁVEL MESMO ESTA PERDA. uMA CARA LIMPA E SIMPÁTICA. DAVA GOSTO DE OUVI-LO E ASSISTÍ-LO. e, IMPORTANTE. tINHA OPINIÃO.

  2. Vc leu o q ele falou sobre Bolsonaro e sobre a Cloroquina nos últimos dias de vida, além de nos chamar de gado? Dá uma olhadaa no Twitter dele.

    1. Como meu endereço de e-mail saiu incorrto, voltei para corrigir e aproveito para ocmpletar meu pensamento. Fui fã e seguidora do RR e de seu trabalho. Lamentei profundametne a morte dele, mas não vou ficar aqui incensando uma pessoa, que infelizmente usou suas ultimas atitudes para denegrir a imagem de alguém que tem tentado nos ajudar e salvar vidas. Infelizmente , e eu sinto muitíssimo mesmo, não quero me colocar no lugar de juiz e peço a Deus que nos ultimos minutos, RR tenha se lembrado de deus e pedido perdão de seus pecados. Minha oração é essa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


5 + 5 =