APOIADORES EM FUGA

Conclusões interessantes a partir das análises de quem acompanhou de perto as manifestações de domingo, principalmente no Rio e em São Paulo.
A direita rachou, não só com a intensificação de ataques dos bolsonaristas a novos inimigos do reacionarismo e do governo, como Rodrigo Maia.
Parte dos apoiadores bacanas de Sergio Moro, da classe média branca e bem situada, agora se nega até a dizer que apoia Bolsonaro. Isso ficou bem evidente em São Paulo.
Mas a conclusão mais importante é esta: o fracasso das manifestações de hoje indica uma redução do apoio explícito a Bolsonaro e à extrema direita.
O apoio passa a ser constrangido. Os que ainda vão pra rua usam como argumento a defesa de Sergio Moro, da Lava-Jato e da reforma da previdência. A extrema direita pôs a correr parte da direita, inclusive a tucana sem pai nem mãe, que vinha apoiando Bolsonaro.
Tanto que o enfrentamento de parte dos bolsonaristas com o MBL explicita e torna público, agora nas ruas, um confronto que vinha sendo de bastidores. Os dois grupos agora se hostilizam descaradamente. Os bolsonaristas enfrentam o MBL porque consideram seus líderes traidores das causas da extrema direita (os ataques ao Supremo, por exemplo) e dos projetos do governo.
Essa extrema direita de raiz apareceu hoje com força principalmente em São Paulo, o que faz com que o MBL e outros grupos sejam quase moderados.
Outro dado: desapareceram para sempre os partidos na articulação da direita que vai pra rua (incluindo o PSL) e se fortalecem cada vez mais os grupos pretensamente à margem da política tradicional (Direita São Paulo, Nas Ruas, Vem Pra Rua).
A extrema direita vai dormir sabendo que parte da classe média que usou Bolsonaro para fazer o serviço sujo pode estar saltando fora. Essa classe média não é do PSL, não é Bolsonaro, não é nada do que existe aí e está apenas à espera de Doria Júnior ou Luciano Huck.
Tem direitista que, por mais que seja antiLula e antiPT, não aguenta esse tranco. Bolsonaro, seus filhos e ala mais enlouquecida do bolsonarismo estão colocando muita gente a correr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


7 + 8 =