ADIÓS, MANDETTA

Uma mulher fez hoje o que o pior inimigo de Bolsonaro gostaria de fazer diante do homem.

A mulher cutucou a fragilidade de Bolsonaro e atuou também como repórter, forçando a resposta que todos os jornalistas gostariam de ter.

Na saída do Alvorada, Bolsonaro parou no cercado para ouvir sua claque, e a mulher fez um apelo:

“Apoie o Mandetta, dê apoio ao Mandetta. Mantenha ele. Não dê munição para inimigo”.

A mulher feriu Bolsonaro como ele não quer ser ferido. Mexeu com a inveja que Bolsonaro tem de Mandetta.

O inimigo de Mandetta é o próprio Bolsonaro, que não fez nenhum movimento no sentido de concordar com a mulher.

Bolsonaro não disse nenhuma palavra em defesa do seu ministro da Saúde. Mandetta é um zumbi no governo.

Mandetta, desmoralizado por Bolsonaro, pode estar recolhido desde ontem para preparar a saída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


6 + 5 =