OS GOLPISTAS CONFESSARAM

Uma notícia para os candidatos a ajudante de golpista no Brasil. Dois ajudantes bolivianos finalmente admitiram que participaram do golpe de 2019 contra Evo Morales.

São os ex-comandantes da Força Aérea, Gonzalo Terceros, e da Marinha, Palmiro Jarjuri Rada. Eles pediram ao Ministério Público um julgamento abreviado.

Significa que confessam os crimes de motim, insubordinação e golpe, fazem um acordo com MP e Justiça e conseguem uma redução da pena.

Falta a confissão do ex-chefe do Exército, Jorge Mendieta. Nesta foto, eles estão ao redor de Kaliman, que lê o manifesto dos generais para que Morales renunciasse, no dia 10 de novembro de 2019.

Jeanine Añez, a ex-senadora usada como laranja dos golpistas e que assumiu o governo no lugar de Morales, está presa desde março do ano passado e entrou hoje no quarto dia de greve de fome.

(Para relembrar, Williams Kaliman, chefe das Forças Armadas, está foragido. É o único chefe militar que fugiu. Todos os outros estão presos.)
____________________________________________________________________

NOVO NINHO
Eduardo Leite arrumou as malas e vai para o ninho que o convidar primeiro com convicção. O nome da terceira via estava no banco, é um reserva da direita mais fofa e vai entrar em campo substituindo dois ao mesmo tempo, João Doria e Sergio Moro.

Moro não tem mais chance nenhuma, depois de prometer água para o agreste cearense, quando até Carluxo sabe que o Ceará não tem agreste.

Eduardo Leite, que tem experiência como bolsonarista, pode ser a segunda e a terceira via num só.

____________________________________________________________________

GASPARI E OS MODERADOS
A Folha traz o alerta de autoridades do Judiciário de que Bolsonaro vai investir de novo, e agora com mais força, nos ataques à urna eletrônica e ao TSE.

Isso fica claro nas últimas manifestações, que incluíram uma ameaça. Braga Netto vai entrar nessa história. A questão passa a ser militar.

Mas na mesma Folha, na mesma edição de hoje, Elio Gaspari, o principal colunista do jornal, escreve sobre a entrevista de Flavio Bolsonaro ao Globo:

“A entrevista do senador pareceu um momento de moderação e, sobretudo, revelou a possibilidade de uma campanha na qual são aceitas as regras do jogo, até mesmo da vacina”.

É o jornalista de Taubaté. A entrevista de Flavio foi publicada na quinta-feira pelo Globo.

No mesmo dia, com poucos minutos de diferença, Bolsonaro fez a live em que ataca as urnas e a eleição.

O que jornalismo precisa desvendar é esse jogo duplo. O filho engana até um jornalista com a trajetória de Gaspari, enquanto o pai anda em direção contrária.

____________________________________________________________________

One thought on “OS GOLPISTAS CONFESSARAM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Website Protected by Spam Master


8 + 1 =