É estranho ver grandes empresas pedindo dinheiro para as vítimas da tragédia

Grandes empresários, que se apresentam como heróis e são aplaudidos pela extrema direita, são na verdade alguns dos grandes estelionatários do sentimento de solidariedade em meio à tragédia. Alguns milionários que induzem clientes a doarem o ‘troco’, que seria depois repassado aos gaúchos, não deveriam assumir essa tarefa, que é do setor público e de

A extrema direita viciada em PIX age até em catástrofes

Admito que demorei a acreditar que o coronel Zucco, deputado federal gaúcho que presidiu a farsa da CPI do MST, estaria pedindo PIX para uma organização de extrema direita de Goiás. O dinheiro seria usado pelos donos dessa facção bolsonarista para ajudar a salvar vidas no Rio Grande do Sul. O deputado não deve confiar

Os sócios do golpe nada recebem de Bolsonaro

Mauro Cid virou a esponja de todos as desgraceiras causadas pela tentativa de golpe. Nunca mais será promovido a general. Engordou 10 quilos. A mulher teve um celular apreendido pela Polícia Federal. Está de volta à prisão e tem problemas financeiros. Colegas de farda estão fazendo vaquinhas para socorrê-lo. É nesse ponto, dos problemas financeiros,

Bolsonaro, agora influencer milionário, precisa socorrer Mauro Cid e os manés do 8 de janeiro

Gleisi Hoffmann disse que Bolsonaro anda por aí, reunindo-se com seguidores em botecos e atacando Lula, porque lhe falta serviço. Mas Bolsonaro pode se dedicar ao ócio e gastar energia apenas nas desavenças com Valdemar Costa Neto. Inelegível, agora ele é influencer. O maior fenômeno do PIX dispõe do que nenhum político tem hoje no

Não há otários nem logrados no Pix para Bolsonaro

Em outras circunstâncias e com outros personagens, essa não seria uma pergunta banal: o que Bolsonaro irá fazer com os R$ 17,2 milhões que recebeu, via Pix, para pagar multas por não ter usado máscara na pandemia e capacete nas motociatas? O apelo feito por bolsonaristas, que resultou na captação milionária, deixava claro que ele

O patrocinador profissional da extrema direita não suja as mãos com Pix

Algumas conclusões, mesmo que ululantemente óbvias, sobre a história dos R$ 17,2 milhões depositados via Pix em uma conta de Bolsonaro. A primeira conclusão é oferecida por esse dado. A grande maioria das 769 mil transações não tem valor expressivo. O Coaf apurou que apenas 18 pessoas e três empresas fizeram depósitos com valores entre

EXTREMISTA INELEGÍVEL ARRECADA MAIS DO QUE O CRIANÇA ESPERANÇA

A capacidade de arrecadação de dinheiro da extrema direita, em circunstâncias previsíveis e inusitadas, é um dos fenômenos da política brasileira. Deltan Dallagnol já mobilizou os admiradores do lavajatismo e arrecadou perto de R$ 1 milhão em pouco dias. O ex-procurador e deputado cassado fez campanha de arrecadação para pagar uma indenização de R$ 70

O TIO DO PIX NÃO PODE ASSUMIR TUDO SOZINHO

O vapor e o avião, quando presos, denunciados e julgados por crimes como traficantes de drogas, nunca serão equiparados aos chefes e gerentes da quadrilha. Serão sempre ajudantes que fazem alertas (o vapor), às vezes como figurantes que fecham negócios (o avião), talvez como coadjuvantes, mas não como criminosos protagonistas. O tio do PIX, exposto