O TUCANO QUE NÃO SE ARREPENDE DO QUE FEZ EM 2018

João Doria finalmente assumiu que errou ao votar em Bolsonaro em 2018. Não só votou como anunciou que era o candidato de Bolsonaro em São Paulo. Virou o BolsoDoria. Janaína Paschoal, Alexandre Frota, Major Olímpio (já falecido), Sara Winter, Gustavo Bebbiano (já falecido) e os três comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica abandonaram

A CICATRIZ NA TESTA DO TUCANO

Tem gosto e efeito de chá de boldo a conversa de pré-candidato do governador gaúcho na arrancada pela disputa de espaços na direita à eleição do ano que vem. Eduardo Leite pode fazer algum bem, talvez não faça tanto mal, mas parece não fazer falta. É um chá. Vi a participação dele na Brazil Conference

EDUARDO LEITE FUMA BOLSONARO, MAS NÃO TRAGA

Está na rua a pré-campanha do tucano que pode enfrentar João Doria dentro do partido sem causar incômodos a Bolsonaro. O PSDB fez sua escolha: Eduardo Leite é o nome para a ressurreição do partido, que fica bem com a base bolsonarista e renova uma sigla decadente e rachada ao meio. É o tema do

Os tucanos delatados e impunes

As condenações de Lula nos casos do tríplex e do sítio de Atibaia foram sustentadas não por provas, mas apenas pela delação do empreiteiro Léo Pinheiro. A Justiça fica agora diante de um dilema, o mesmo que sempre confrontou o Judiciário seletivo com suas escolhas pró-direita. Pois Léo Pinheiro também delatou os tucanos e contou

Alckmin e Amônio

Um gaúcho fino, ex-secretário tucano da Justiça, pensador sofisticado do liberalismo, tão sofisticado que seus artigos são maravilhosamente barrocos, gongóricos e circulares, escreve o seguinte hoje na Folha: “O PSDB age bem em não sustentar politicamente a posição de Aécio, e Alckmin dá um bom sinal dizendo simplesmente que a lei é para todos”. Uau.