O INFERNO DO MACHÃO ANTES DO GOLPE

Foi terrível para Bolsonaro a semana que antecede o evento de 7 de setembro na Avenida Paulista, anunciado por ele como o marco de alguma coisa grandiosa e com repercussão internacional. Poucos dias antes de anunciar o golpe que pode fechar o Supremo e transformá-lo em imperador, Bolsonaro foi desrespeitado em sua intimidade por duas

“O CAOS É DEFINITIVO”

O filósofo italiano Franco “Bifo” Berardi é da turma dos pessimistas com o mundo que vem aí depois da pandemia. Autor de A Fábrica da Infelicidade, editado no Brasil pela Lamparina, Berardi foi entrevistado por María Daniela Yaccar, do jornal argentino Página 12. “O vírus invisível e ingovernável trouxe o caos a um nível definitivo”,

OS HOMENS QUE SÓ PENSAM NO CAOS

O vice-presidente Hamilton Mourão escreveu sobre a ameaça de caos e condenou o excesso de críticas ao governo, juntando uma coisa à outra, em artigo publicado na quinta-feira no Estadão. Mourão escreveu, sem deixar nada muito claro, que o estrago institucional chega às raias da insensatez e está levando o país ao caos. Estrago institucional?

O CAOS DELIBERADO

Circula desde a semana passada a teoria de que Bolsonaro passou a apostar no caos deliberado. Sem competência para governar, sem respaldo dos militares, sob pressão do Congresso (ontem a Câmara engessou os investimentos previstos em Orçamento), com Rodrigo Maia enfraquecido como mediador, sem apoio popular (como dizem as pesquisas) e sem perspectiva de reação,