BOLSONARO EMPURROU O EXÉRCITO PARA O ROLO DA CLOROQUINA

Transcrevo, em nome no interesse público, reportagem da Folha sobre as fraudes em licitações com a cloroquina. FOLHA DE S.PAULO TCU aponta ‘indícios robustos’ de fraude por fornecedora de insumo para cloroquina do Exército Relatório afirma que há suspeita sobre 26 licitações; Sulminas diz que participação em editais foi regular, e Exército não comenta Vinicius

E SE O GOVERNO MANDAR ELIMINAR OS IDOSOS?

A ciência assegura que as vacinas funcionam, mas o governo diz o contrário e acrescenta que o que funciona é a cloroquina. As estatísticas oferecidas pela realidade e a própria observação da realidade nos dizem que as vacinas funcionam. O governo insiste que não só não funcionam como podem matar crianças. As vacinas funcionam e

OS DEFENSORES DA PREVENT

É meio assustador o depoimento do médico Fernando Oikawa, da Prevent Senior, na Câmara de Vereadores de São Paulo. Ainda há médicos defendendo a clínica com unhas e dentes. Esse profissional é um deles. Os vereadores já disseram que o médico está mentindo, ao negar, por exemplo, a existência do kit Covid dentro da Prevent.

A ASPIRINA E A CLOROQUINA

Há um fenômeno ainda não decifrado criado pela pandemia. O que levou médicos de comunidades interioranas a correrem o risco de receitar a cloroquina contra a Covid? Por que, mesmo depois de provado que o remédio não funciona, os profissionais insistiram e continuaram prescrevendo? É o tema do meu texto quinzenal no jornal Extra Classe,

A CULPA NÃO É DOS DOIDOS, É DAS MÁFIAS DA CLOROQUINA

O jornalista Elio Gaspari cita Machado de Assis, O Alienista, Dom Pedro II e outros personagens, em sua coluna na Folha e no Globo, para fazer volteios e concluir que Bolsonaro e os receitadores e traficantes de cloroquina fizeram o que foi feito porque são doidos. Gaspari é retardatário de uma tese manjada. Segundo o

FALTA SABER O QUE HÁ PRA LÁ DO RANCHO QUEIMADO

São basicamente três as motivações para o uso da cloroquina, como política de governo, como mercadoria que dá muito lucro e como remédio vendido como milagre no atacado da saúde pública e no varejo dos consultórios médicos e dos hospitais. A primeira motivação é a aparentemente ideológica, que tenta transformar uma farsa numa eureka, para

MIREM-SE NO EXEMPLO DE BRUNA MORATO

Os acovardados não têm mais desculpas para ficar à sombra de neutralidades e omissões ou de militâncias apenas protocolares pela democracia. Mirem-se no exemplo da advogada Bruna Morato. Que os neutros e os assumidamente omissos prestem atenção e sejam contagiados pela bravura dessa moça que denunciou na CPI do Genocídio os detalhes macabros das ‘terapias’

BOLSONARISMO CRIOU A SÍNDROME DE ZANOTTO

Todos têm hoje um Paolo Zanotto por perto, por vínculos familiares, convivência no trabalho, demandas profissionais ou de informação ou apenas porque os Zanottos espalharam-se por toda parte. Paulo Zanotto, o famoso biólogo virologista que sugeriu a Bolsonaro a criação do gabinete das sombras, tem similares em todo o Brasil. O país tem grupos de

NATALIA PASTERNAK E AS EMAS

“Cloroquina é uma mentira espalhada pelo governo federal e pelo Ministério da Saúde e ela mata”, disse a microbiologista Natalia Pasternak na CPI do Genocídio, para completar logo depois: “Senhores, a cloroquina já foi testada em tudo. A gente testou em animais, a gente testou em humanos. A gente só não testou em emas, porque