INVESTIGUEM CARLOS BOLSONARO

A história da facada em Bolsonaro continua merecendo abordagens que possam lançar luzes num caso considerado nebuloso até hoje. Desta vez, Joaquim de Carvalho, editor do Brasil 247, um dos grandes nomes do jornalismo investigativo brasileiro, sai atrás de respostas para perguntas que esperneiam e não morrem e apresenta algumas pistas. O resultado é um

QUE SAUDADE DA CONCEIÇÃO

Foi bom e também foi triste ver Maria da Conceição Tavares na TV com seu vozeirão cívico. Bom por rever Conceição, e triste porque Conceição fala há décadas de coisas que não viu acontecerem. Como um programa de renda mínima. Durante todo esse tempo, Conceição lamentou que o Brasil nunca tenha levado adiante a proposta

E O CPF DO GOVERNADOR?

O relato do jornalista Renato Dornelles já está na antologia da pandemia. É a história do impasse criado por uma servidora pública (a culpa não é dela) num posto de saúde de Porto Alegre. O jornalista vai atrás do teste da Covid-19. A moça avisa que ele só terá direito ao teste se tiver o

NÃO FIQUE EM CASA, PETRA COSTA

A cineasta Petra Costa está pedindo pelas redes sociais que as pessoas enviem vídeos com depoimentos sobre as suas vidas na pandemia. É para um documentário. É legal, mas tem uma armadilha que derrubou alguns documentaristas brasileiros em produções recentes. É a arapuca dos novos tempos virtuais da fala autorreferente. É importante, porque assim se

O bolsonarismo na noite do Oscar

Os bolsonaristas estão desatinados. Ontem, a Unicamp propôs o machismo como tema da redação do vestibular. Hoje, a notícia é que Hollywood incluiu o golpe no Oscar deste ano, com a escolha de Democracia em Vertigem, de Petra Costa, para concorrer a melhor documentário. Teremos golpistas expostos para o mundo todo na noite do Oscar.

O CINEASTA DOS MECANISMOS DA DIREITA

José Padilha, o cineasta da direita que usa os mecanismos do golpe para falsear a História, alterar falas e contar o que bem entende, vai dirigir um documentário sobre, acredite, a Lava-Jato. Padilha acha que ainda há tempo para ganhar mais fama, mais bajulação dos reaças e mais dinheiro com a farsa de Curitiba. Em