PESQUISA DO DATAFOLHA É UMA ISCA DIANTE DE BOLSONARO

A pesquisa do Datafolha que dá sobrevida a Bolsonaro e ajuda a disseminar mais terror em meio à pandemia também mobiliza os otimistas. Para esses, o retrato é terrível, mas pode ser consertado. São os restauradores de retratos. O dado alarmante nem é o que revela a rejeição de 59% à ideia da renúncia de

DATAFOLHA EXPÕE A REALIDADE DE UM PAÍS DEPRIMIDO

Estamos, com números, diante da realidade que muitos gostariam de negar. O Datafolha tirou todas as máscaras do Brasil, ao mostrar que 52% desejam continuar sob a ‘liderança’ de Bolsonaro. Desde 28 de março, em três textos em sequência, este blog vinha defendendo que a Folha publicasse logo uma pesquisa sobre a percepção dos brasileiros

DATAFOLHA ESCONDE MANDETTA

O Datafolha finalmente reapareceu para confirmar o que já se previa. Cresceu a aprovação do Ministério da Saúde, que dá de 7 a 1 em Bolsonaro. Mas há um problema na pesquisa. Ao invés de avaliar a performance do ministro Luiz Henrique Mandetta, a Folha avaliou o ministério. É um acovardamento. Em pesquisas em que

O DATAFOLHA NÃO PODE TER MEDO DE BOLSONARO

O Datafolha está tentando escamotear a realidade. Os leitores da Folha não podem ser ofendidos por falsas pesquisas sobre a performance de Doria Júnior como antibolsonarista. Ninguém está interessado nessa bobagem que foi publicada hoje. É preciso pesquisar a percepção do brasileiro sobre os desatinos de Bolsonaro. E tem que ser logo, antes que o

O DATAFOLHA VOLTOU!!!

O Datafolha foi ressuscitado com ‘pesquisas’ ridículas, que tentam camuflar o principal personagem da crise, como se ele não existisse. Uma pesquisa (na verdade uma compilação de dados do Twitter) mostra que Doria Júnior passou a ser vaiado pela direita e apoiado com ironias pelas esquerdas. É o tipo da pesquisa acaciana, que diz o

DATAFOLHA ENTRA EM CONFINAMENTO

A Folha, que faz pesquisas até sobre a opinião das borboletas na chegada da primavera, acovardou-se no momento mais tenso do país com a crise política provocada pelos desvarios de Bolsonaro. Quando uma pesquisa seria decisiva para a percepção do que o brasileiro pensa das loucuras de Bolsonaro em meio a uma pandemia, o Datafolha

DATAFOLHA PODE SALVAR BOLSONARO

Tudo o que se disser sobre o poder relativo de Bolsonaro diante dos governadores, dos militares, de Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e de Dias Toffoli, considerando-se os últimos movimentos, será mero chute, enquanto não surgirem as primeiras informações, com números, sobre a percepção popular a respeito do único governante no mundo que continua a duvidar

O ILUSIONISMO DE BOLSONARO DURA UMA SEMANA

A pesquisa do DataFolha divulgada hoje dá a Bolsonaro um lastro popular, de base social, de povo mesmo, que muita gente achava improvável. Bolsonaro pode ter tentado, na intuição, afastar-se da base eleitoral dos brancos ricos e machos e da classe média, que o sustentou eleitoralmente como antiLula e antiPT, para se jogar na direção

FOLHA DE S. PAULO FAZ MANCHETE ENGANA-BOBO

A manchete da Folha online é enganosa, diversionista e quase uma fake news, se submetida a um julgamento rigoroso que leve em conta a mensagem que passa, o contexto político e a realidade criada pela pandemia. Esta é manchete: É enganosa, porque o dado mais importante, que é a maioria apoiando Bolsonaro, foi escondido. São

BOLSONARO CONSEGUIU

Recolham-se os que apostavam que o coronavírus iria destruir o que sobrava da base de apoio a Bolsonaro. O DataFolha reafirma hoje o que a pesquisa anterior já informava, sobre a manutenção do lastro de um terço da população ao lado do homem. Hoje, a informação é ainda mais devastadora. As pessoas que aprovam sua