MANDETTA VAI ESCAPAR?

Bolsonaro ameaçou hoje usar sua caneta contra gente do governo que, diz ele, está se achando. Avisou que “a hora deles vai chegar”. Recado claro para Luiz Henrique Mandetta. Sustentado pela pesquisa do Datafolha (59% não querem sua renúncia), o homem pode acordar hoje e decidir demitir Mandetta. O que aconteceria se mandasse o ministro

O BRASIL É REFÉM DE BOLSONARO

Saiu a pesquisa que amplia o terror da pandemia. A pesquisa que a Folha gostaria de não ter feito. Segundo o Datafolha, a renúncia de Bolsonaro é rejeitada por 59% dos brasileiros. Apenas 37% desejam que ele renuncie e 4% não sabem dizer. Apesar de levantamento do próprio Datafolha apontar que apenas 33% dos ouvidos

BOLSONARO INVESTE NO INFERNO

O jejum que Bolsonaro recomendou para este domingo, “quando o inferno irá explodir”, é mais um movimento em direção à base que o sustenta em meio à pandemia e à ascensão de Luiz Henrique Mandetta. Bolsonaro se jogou nos braços dos pobres e neopentecostais com a determinação dos desesperados. Mauro Paulino e Alessandro Janoni, diretores

SÓ MANDETTA PODE DERRUBAR BOLSONARO

A pesquisa Datafolha que mostra o Ministério da Saúde com 76% de aprovação indica que só uma situação até agora improvável poderia derrubar Bolsonaro. Se Luiz Henrique Mandetta (escondido pela pesquisa) renunciasse, desabaria todo o governo, com Sergio Moro, Damares, Araujo, Salles e Weintraub tombando sobre os filhos de Bolsonaro. Se Mandetta renunciasse, não sobraria

À ESPERA DE UM SUSTO

O DataFolha já deve estar fazendo pesquisa sobre a fala de Bolsonaro ontem à noite, repetida hoje no cercado do Alvorada. Não se surpreendam se crescer, e muito, o apoio a Bolsonaro entre os pobres. Preparem-se para um susto. Bolsonaro já perdeu os ricos oportunistas e a classe média decadente reacionária e se atirou nos

A ARMINHA E A DESESPERANÇA 

Nunca em tempo algum, desde a redemocratização, o brasileiro começa um ano com tanta desesperança em relação a um novo governo. É o que mostra o DataFolha. Apenas 65% dos brasileiros acham que Bolsonaro fará um governo ótimo ou bom. Sim, apenas 65%, porque Collor, Fernando Henrique, Lula e Dilma começaram seus governos com índices