IR PRA ONDE?

O engenheiro e urbanista Jorge Abrahão escreve hoje na Folha sobre uma pesquisa realizada há um ano em São Paulo. Entre muitas coisas desagradáveis (relacionadas com racismo, homofobia, violência), 63% dizem que iriam embora da cidade se pudessem morar em outro lugar. É um índice muito alto, e ele pergunta qual seria o percentual hoje.

A máfia impune

Desde 2000 o cartel de trens de São Paulo corrompe e paga propinas a corruptos de governos tucanos. Mas há apenas oito anos (e porque autoridades suíças fizeram um apelo nesse sentido) a máfia do metrô é investigada. Hoje, o Ministério Público Federal em São Paulo denunciou nove pessoas por lavagem de dinheiro. Não há nenhum (NENHUM)

A direita que tenta te enganar

Uma das notícias em destaque nos sites hoje é esta: João Doria Júnior, o tucano eleito prefeito de São Paulo, promete doar todos os salários, porque é uma pessoa boa e do bem. A primeira doação será para, diz ele, “a associação para as crianças defeituosas”. A direita brasileira não comete gafes, como dizem as

A direita exibicionista

A direita brasileira pós-64 foi cruel, dissimulada, inquisidora, mas era bem mais recatada do que a direita reciclada de hoje, como observa minha amiga Cida Cunha. A direita continua cruel, mas ficou exibicionista, refestelada, porque sabe que dispõe hoje – talvez mais até do que no tempo da ditadura – de um Judiciário seletivo que

O Minhocão e a alienação

A artista plástica Bia Doria é mulher do prefeito eleito de São Paulo, o tucano João Doria Junior. A Folha de S. Paulo de hoje tem uma reportagem impagável sobre ela. A mulher diz, entre outras coisas, que não sabe o que é o Minhocão, o controverso viaduto que os paulistanos não sabem se implodem,