Morales resiste

Evo Morales desembarca no México e fala das atrocidades dos golpistas e anuncia que não desistirá da luta.

Así fueron las primeras palabras de Evo Morales al aterrizar en México luego de recibir asilo político por cuestiones humanitarias

▶ "Estamos muy agradecidos porque el Presidente de México (López Obrador) me salvó la vida": Evo Morales, ex presidente de Bolivia, a su llegada al Hangar de la Sedena tras recibir asilo político por cuestiones humanitarias mile.io/2Kh16Fs

Publicado por MILENIO em Terça-feira, 12 de novembro de 2019

A CONSTITUINTE E AS MILÍCIAS

Davi Alcolumbre jogou para a torcida da direita com a história de que, se depender dele, convoca-se agora uma nova Constituinte. É uma resposta-deboche aos que desejam mudar a Constituição para prever a prisão em segunda instância e encarcerar Lula de novo.
Uma Constituinte agora seria goleada de 7 a 1 para a direita e para a extrema direita. O eleitor anestesiado e engambelado votaria nos que iriam destruir tudo o que não só as esquerdas, mas também os velhos liberais, fizeram por ele em 1988.
A direita está pronta para acabar com o SUS, o ensino público e direitos elementares. Uma Constituinte agora iria acelerar a destruição generalizada da estrutura pública promovida pela era bolsonarista.
A convocação de uma nova Constituinte poderia eleger o Queiroz. É provável que uma nova Constituição, com a maioria de constituintes da direita, pudesse prever até a formação de milícias e o direito dos chefes milicianos de residir ao lado da casa do presidente. Quem duvida?

Taison

Tinga, Roger e agora Taison. Que a memória de Zumbi inspire e proteja esses caras valentes nascidos e criados no Estado mais racista do Brasil, segundo o próprio Tinga.
E que outros até agora calados comecem a falar e a erguer o punho junto com Taison, o guri de Pelotas, a terra das charqueadas e do escravismo.
(O Rio Grande do Sul foi exportador de escravos. Hoje é o segundo Estado mais branco, atrás apenas de Santa Catarina.)

O DIABO SÓ OBSERVA

A tática que funcionou aqui foi exportada pelos Bolsonaros. É a imagem mais disseminada desde o golpe, com variações diversas, nas capas dos sites da direita. Luis Camacho com Dios arriba de todos.
Os jornais bolivianos já apostam que o golpista aplicará o golpe também em Carlos Mesa.
Camacho é El Macho, e Mesa é El Flojo. Os militares ficarão com o macho ou o frouxo e fraco?
O macho é o Bolsonaro deles, e o fraco é uma espécie de Temer, um jaburu boliviano.

HUCK E CARLUXO

Luciano Huck já tem algo em comum com os Bolsonaros. No domingo, o candidato da Globo elogiou no Twitter o golpe na Bolívia e logo depois, diante das reações, apagou a postagem. Acovardou-se.
Os Bolsonaros também costumam emitir opiniões valentes, desmentir o que disseram ou apagar o que escreveram.
A notícia de hoje é esta: Carluxo eliminou todas as suas contas nas redes sociais, para não deixar rastros.
Deve estar se preparando para o momento em que será confrontado com suas mentiras, na CPI das Fake News.
Carluxo é o porta-voz do pai. Está licenciado da Câmara de Vereadores do Rio (onde ninguém sabe dizer o que ele faz) e só atua como guerrilheiro nas redes.
A extrema direita não entendeu até agora o silêncio de Carluxo com a libertação de Lula. Há um vácuo de opinião sem a manifestação do gênio da família.

Especialistas

A Folha ouve ‘especialistas’ para saber se Morales sofreu mesmo um golpe.
Especialistas de direita quase dizem que Morales foi passear no México.
O jornalismo da grande imprensa merece Bolsonaro, os filhos do Bolsonaro e o Sergio Moro.

(A charge, que acaba sendo um deboche involuntário com a pauta da Folha, é do Laerte na edição de hoje)

Ainda existe

Admito minha ignorância. Quando Bolsonaro disse que Lula poderia ser enquadrado na Lei de Segurança Nacional, pensei: o sujeito cometeu mais uma gafe, porque é claro que esse troço não existe mais.
E corri então ao Google, que me levou à Wikipédia. E não é que existe!!! A Lei de Segurança Nacional ainda vigora.
A tortura também, mas só para pobres, negros, negras e índios e índias.